Educação de Transito

2015-12 - Observatorio Nacional de Seguranca Viaria

O Rotary Club de Indaiatuba promoveu a uma importante palestra de orientação e educação de trânsito em setembro. Mais que isso, uma palestra de promoção e valorização da vida, com a divulgação de dados relevantes a respeito da segurança viária.

José Aurélio Ramalho, presidente do Observatório Nacional de Segurança Viária, esteve conosco a convite do presidente Cleonir Bertipaglia e do companheiro rotaractiano Alex Kissilevitc, e nos falou sobre a importância do transito e da segurança viária.

De acordo com Ramalho, passamos grande parte da nossa vida em transito, seja como motoristas, pedestres, passageiros, ou de outro modo, o simples ato de sairmos de casa já nos coloca na condição de usuários e agentes de trânsito e, justamente por isso, estamos sujeitos a todos os incidentes que permeiam o dia a dia do transito e devemos ter muita atenção ao que acontece e, mais que isso, auxiliar na construção de um transito melhor e mais seguro para todos.

O Observatório Nacional de Segurança Viária tem o importante papel de pesquisar e analisar os diversos fatores que compõem o transito e propor melhorias com base em experimento, em troca de experiências e planejamento estratégico, empregando o dinheiro em atitudes preventivas.

Esses estudos partem do princípio que é menos oneroso do ponto de vista financeiro e especialmente humano – não há como mensurar em dinheiro o valor de uma vida ou de uma perda de uma pessoa economicamente ativa – investir na prevenção do que em tentar remediar a situação. Para que se tenha uma ideia, em 2013 R$ 51 milhões foram gastos pelo governo federal no tratamento a vítimas de acidentes, enquanto 42.266 pessoas morreram vítimas do transito conforme dados do próprio Observatório.

A combinação álcool e a direção continua sendo o maior vilão do transito consciente, mas gradativamente também vem crescendo o numero de acidentes causados pelo uso do celular ao volante, especialmente com a disseminação de aplicativos de redes sociais. Os jovens continuam ainda sendo as maiores vítimas dos acidentes de transito, aponta Ramalho que frisa que o movimento Maio Amarelo, criado pelo Observatório Nacional de Segurança Viária, tem como objetivo conscientizar e educar crianças, jovens e adultos em todo o Brasil.

Se você gostou do tema e quer ter mais acesso às estatísticas, conheça o Observatório Nacional de Segurança Viária e suas ações no site http://www.onsv.org.br .

Anúncios

Sobre rotaryclubindaiatuba

Contador, professor universitário, empresário e rotariano, eu me chamo Erico Piovesan, tenho 34 anos e moro em Indaiatuba, Estado de São Paulo, cidade em que nasci e me criei. Na família rotária desde 1998 e no Rotary Club de Indaiatuba desde 15 de junho de 2009, hoje ocupo o cargo de secretário do meu clube e, em 2010, decidi criar esse blog para servir de boletim das atividades do Rotary Club de Indaiatuba, Distrito 4.310.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s